fechar menu 

Um Paraíso Tropical: O Melhor que a Riviera Maya Tem para Oferecer

 
 

A Riviera Maya é um dos mais procurados destinos para luas-de-mel e férias de praia. E com razão! As paisagens de areia branca paradisíacas, os resorts de luxo, a gastronomia deliciosa: a Riviera Maya é sem dúvida um lugar que merece todos os elogios que lhe fazem. Mas há muito mais para fazer aqui do que ficar a descansar no resort.

Eu e a Joana visitámos a Riviera Maya durante uma semana em 2014 e adorámos a experiência. Em baixo, ficam as nossas sugestões das melhores coisas para fazerem nesta região do México.

(Atenção: apesar do tempo aqui ser maravilhoso, ele não é assim o ano todo! Para evitarem a estação das chuvas (quando também é maior o risco de furacões), marquem a vossa viagem entre dezembro e abril.)

1

RELAXAR NUM RESORT

A Riviera Maya é dos destinos mais procurados para quem gosta de aproveitar o melhor que um resort de luxo tem para oferecer. A verdade é que nós os dois parámos muito pouco tempo no nosso resort e andámos sempre a correr (tínhamos tanto para ver!), mas a tentação para ficar era grande! Os resorts da Riviera Maya sabem aproveitar bem a paisagem paradisíaca de que usufrem e combiná-la com um serviço excecional que convidam ao descanso e a umas férias relaxantes.

 
 

2

VISITAR A ISLA CONTOY

Localizada entre o Golfo do México e o Mar das Caraíbas, esta pequena ilha é das mais bonitas que já pudemos visitar até hoje. É uma autêntica ilha paradisíaca, protegida pelo governo por ser um dos últimos refúgios das tartarugas marinhas e outras espécies de aves em extinção. Por isso mesmo, é preciso pagar para visitá-la, mas vale sem dúvida a pena pelas suas paisagens incríveis e biodiversidade. Basta apanhar uma lancha a partir de Cancún e em alguns minutos chegam ao paraíso na terra!

 
 

3

BEBER UMA CORONA

Esta é la cerveza más fina e é produzida aqui, no México. Eu já a conhecia antes e sempre foi uma das minhas cervejas preferidas por isso não pude desperdiçar a oportunidade de beber uma fresquinha naquele calor do México com a paisagem do Mar das Caraíbas ao fundo. A Joana optou por uma Coca-Cola mas acho que podemos concordar que, desta vez, ela ficou a perder!

 
 

4

PASSEAR EM PLAYA DEL CARMEN

Sabemos que a maior parte das pessoas visita Playa del Carmen pelas suas praias maravilhosas. Mas não foi por isso que nós os dois viemos aqui (até porque praias lindas conseguíamos facilmente encontra-las junto do nosso resort ou até nas ilhas que visitámos). O que nos levou a visitar Playa del Carmen foi a Quinta Avenida da cidade. É aqui que podemos encontrar uma série de lojas mesmo engraçadas, restaurantes e bares numa rua cheia de vida perfeita para um passeio divertido.

5

VISITAR A ISLA MUJERES

Ao passo que a Isla Contoy só pode ser visitada, na Isla Mujeres é possível passar cá a noite ou apenas passear pela ilha durante o dia. Nós gostámos muito de vir a esta ilha de pesca pela sua zona da “baixa”. Aqui, encontrámos uma mistura vibrante de cultura mexicana americanizada. Cheia de lojas e restaurantes, a baixa da Isla Mujeres é perfeita para fazer compras de souvenirs e passar uma tarde divertida. A praia da ilha também é bem diferente das praias dos resorts e da Isla Contoy – é uma praia pública, que se enche de todo o tipo de gente desde famílias a artistas de rua.

 
 

6

DANÇAR NO COCO BONGO

Eu e a Joana não gostamos muito de sair à noite, mas não nos importávamos nada de sair todas as noites se fosse para ir ao Coco Bongo! É um lugar fantástico que mistura shows de música dos artistas mais conhecidos (desde Queen a Madonna e Michael Jackson) com uma pista de dança onde podemos ficar até ao amanhecer. Os bilhetes para entrar começam nos $65 USD mas, mesmo ao optar pelo pacote mais barato, têm direito a bebidas ilimitadas durante toda a noite!

 
 

7

VISITAR CHICHEN ITZÁ

Chichén Itzá não fica exatamente na Riviera Maya mas é uma das excursões mais populares que se podem fazer a partir daqui. Em poucas horas, chegamos a uma das Novas Sete Maravilhas do Mundo e um dos mais lugares mais visitados da América Latina. Para além da famosa Pirâmide do Cuculcán, existem várias ruínas incríveis nesta cidade construída pelo povo maia há milhares de anos atrás.

 
 

8

MERGULHAR NO CENOTE DO IK KIL

E quem vai a Chichén Itzá, vai ao Cenote do Ik Kil. Este lugar está muito mais badalado agora, mas, em 2014, quando eu e a Joana lá estivemos, ainda era pouco conhecido. Gostámos muito da experiência de mergulhar nas águas profundas desta piscina natural, mas recomendamos que procurem outro cenote se querem uma experiência mais autêntica e com menos turistas por perto (existem milhares de cenotes no México por isso terão muito por onde escolher!).

 
 

9

DIVERTIR-SE NO PARQUE XCARET

A cereja no topo do bolo, o Parque Xcaret foi a nossa experiência preferida no México. O maior parque eco-arqueológico da América Latina, o Parque Xcaret tem mais de 300 atrações para nos dar a conhecer a forma como a selva e a cultura maia se mesclam. Nós adorámos a experiência de nadar num rio subterrâneo (é dos poucos lugar no mundo onde se pode fazer isto!) e de ver o show noturno que nos conta a história do México desde o tempo dos maias até aos dias de hoje. O parque também é o lugar perfeito para conhecer algumas das tradições mais antigas do México – 6 dos 7 patrimónios imateriais da humanidade do México podem ser conhecidos aqui! Mais informações no site oficial do Parque Xcaret.

 
 

Mesmo com estas 9 coisas, ainda ficou tanto por ver e fazer na Riviera Maya! Que outros sítios recomendariam para nós visitarmos numa próxima viagem?

honeymooners, México 2014 - 

Publicações relacionadas

1 Comentários

    Varadero: O Orgulho de Cuba - Honeymooners

    […] de já termos feito snorkeling em vários lugares (Maldivas, Seychelles, México…), acho que esta é uma atividade que nos fascina e que vamos querer sempre repetir. Achamos […]

Segue-nos!

Não percas nenhuma aventura dos honeymooners: